Desemprego na França sobe 0,6% em abril

Segundo a ministra de Finanças, crise econômica continua pesando sobre o mercado de trabalho do país

Danielle Chaves, da Agência Estado,

28 de maio de 2010 | 15h01

O número de pessoas classificadas como desempregadas na França voltou a aumentar em abril, em uma base mensal, depois de diminuir em março. A quantidade de pessoas que estão procurando trabalho mas não encontram cresceu 15.700, ou 0,6%, para 2,677 milhões, segundo dados do governo. Em março havia sido registrada queda de 0,2%.

Na comparação com abril do ano passado, o desemprego cresceu 7,8%. A taxa ainda é bastante alta, embora seja menor do que a de 9,8% de março em relação a março de 2009. Os números mostram que o mercado de trabalho francês ainda não se recuperou da crise econômica global.

Em seguida à divulgação dos dados, a ministra de Finanças francesa, Christine Lagarde, afirmou em um comunicado que os efeitos negativos da crise econômica e financeira global continuam pesando sobre o mercado de trabalho do país.

Apesar de a economia da França ter saído da recessão no segundo trimestre do ano passado, o desemprego continua subindo, pois a recuperação dos mercados de trabalho nacionais tendem a seguir com atraso de cerca de 18 meses a recuperação da economia mais ampla. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
FrançadesempregoLagardemercado

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.