Desemprego na zona do euro fica em 12% em janeiro; na Espanha, taxa é de 25,8%

 Apesar da estabilidade da taxa, o número de desempregados mostrou alta de 17 mil em janeiro

Edgar Maciel, da Agência Estado,

28 de fevereiro de 2014 | 08h25

SÃO PAULO - A taxa de desemprego da zona do euro ficou inalterada em janeiro em 12%, segundo dados divulgados hoje pela Eurostat, a agência oficial de estatísticas da União Europeia. O resultado ficou em linha com a previsão dos analistas consultados pela Dow Jones Newswires.

Apesar da estabilidade da taxa, o número de desempregados mostrou alta de 17 mil em janeiro, a 19.175 milhões de pessoas no bloco. Foi o primeiro crescimento registrado desde setembro de 2013.

Segundo a Eurostat, em janeiro 5,5 milhões de jovens com menos de 25 anos estariam desempregados na Europa, dos quais 3,5 milhões na zona do euro. Entre os países com maior taxa de desemprego entre os jovens, estão a Grécia (59% em novembro de 2013), Espanha (54,6%) e Croácia (49,8% no 4º trimestre de 2013).

Tudo o que sabemos sobre:
desempregozona do euro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.