Deutsche Boerse tem prejuízo de 61,2 mi de euros

A operadora de bolsas Deutsche Boerse AG, da Alemanha, apresentou prejuízo de 61,2 milhões de euros no quarto trimestre de 2010 em parte por causa de encargos anunciados anteriormente em sua divisão de opções nos EUA, a International Securities Exchange (ISE). A Deutsche Boerse anunciou hoje que chegou a um acordo de união com a operadora de bolsa norte-americana Nyse Euronext, numa fusão que criará a maior plataforma de negociação de ações e derivativos do mundo.

REGINA CARDEAL, Agencia Estado

15 de fevereiro de 2011 | 18h13

O prejuízo no quarto trimestre foi maior do que a perda de 33 milhões de euros registrada no mesmo período do ano anterior, mas ficou abaixo das previsões dos analistas, que projetavam prejuízo de 83 milhões de euros. A receita no período totalizou 518,4 milhões de euros, levemente acima dos 505 milhões de euros do quarto trimestre de 2009, e também ficou abaixo dos 528 milhões de euros esperados pelos analistas. No ano passado inteiro, o lucro líquido caiu 16% para 417,8 milhões de euros.

A Deutsche Boerse confirmou os encargos de 453,3 milhões de euros na ISE no ano, embora um ganho com impostos limite o impacto total no prejuízo do trimestre a cerca de 223,5 milhões de euros. A Deutsche Boerse havia alertado em dezembro que o resultado no ano seria negativamente afetado pelo ajuste na ISE. A ISE tem perdido participação de mercado desde o fim de 2007, quando a Deutsche Boerse concordou em pagar US$ 2,7 bilhões em dinheiro pelo que era então a segunda maior plataforma de opções nos EUA. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
BolsaDeutsche Boerseprejuízo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.