Dilma chega a Londres e terá reunião com primeiro-ministro do Reino Unido

A presidente tratará de crise europeia, Síria e Venezuela com David Cameron; na sexta, Dilma assistirá à abertura da Olimpíada

Daniela Milanese, correspondente ,

25 de julho de 2012 | 08h46

LONDRES - A presidente Dilma Rousseff chegou em Londres às 9h15 da manhã desta quarta-feira (horário local) - 5h15 pelo horário de Brasília.

Nesta tarde, Dilma se encontra com o primeiro-ministro do Reino Unido, David Cameron. Os conflitos na Síria, a crise europeia e a Venezuela estão entre os temas a serem tratados por Dilma Rousseff com David Cameron, durante a reunião de hoje, que será às 16h30 (horário local) - 12h30 no horário de Brasília.

O Reino Unido vem adotando uma política de forte austeridade para reduzir o déficit público, visão que vai contra a posição que vem sendo defendida por Dilma. A presidente costuma criticar a abordagem de corte de gastos em prática na Europa. Ela terá oportunidade de ouvir manifestações contrárias à austeridade do governo britânico ao se encontrar com o líder do Partido Trabalhista, de oposição, Ed Milliand, na sexta-feira.

A abordagem sobre a Venezuela durante a reunião de hoje foi solicitada pela equipe do primeiro-ministro britânico.

Agenda 

Dilma chegou a Londres nesta manhã para uma agenda intensa nos próximos dias. Nesta quarta-feira à noite, ela participa do lançamento da nova campanha da Embratur. Ela assiste à abertura da Olimpíada na sexta-feira e volta ao Brasil no sábado à noite.

Fazem parte da comitiva que acompanha a presidente os ministros das Relações Exteriores, Antônio Patriota; de Educação, Aloizio Mercadante; de Ciência e Tecnologia, Marco Antonio Raupp; do Turismo, Gastão Vieira; e do Esporte, Aldo Rebelo.

Tudo o que sabemos sobre:
dilmalondrescameronreino unido

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.