Direct Edge espera CVM decidir sobre clearing em julho

O CEO da Direct Edge, William OBrien, disse esperar uma definição da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) em julho, no sentido de determinar o compartilhamento pela BM&FBovespa de sua clearing até janeiro de 2014.

MARIANA DURÃO, Agencia Estado

29 de junho de 2012 | 14h27

A definição do regulador, segundo ele, é fundamental para que a bolsa norte-americana possa trabalhar no seu plano de negócios para o Brasil. Ele acredita que poderá, dessa forma, iniciar as operações da Direct Edge no País simultaneamente à abertura da clearing nesta data.

OBrien confirmou mais uma vez que a Direct Edge não tem tido sucesso em suas tentativas de negociar com a Bolsa brasileira. O executivo acredita que uma definição regulatória facilitaria as conversações.

Tudo o que sabemos sobre:
Direct EdgeCVMBM&FBovespa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.