Dívida pública federal sobe para R$ 1,495 trilhão em março

Crescimento da dívida só não foi maior porque a dívida pública federal externa apresentou uma queda de 2,64%

Adriana Fernandes, da Agência Estado,

20 de abril de 2010 | 15h24

A dívida pública federal (DPF) apresentou um ligeiro crescimento em março, de 0,01%. O estoque do endividamento público federal, que inclui a dívida interna e externa, saltou de R$ 1,494 trilhão em fevereiro para R$ 1,495 trilhão em março, um aumento de R$ 152 milhões. O crescimento da dívida só não foi maior porque a dívida pública federal externa apresentou uma queda de 2,64%, o equivalente a R$ 2,567 bilhões. O estoque da dívida externa caiu de R$ 97,31 bilhões para R$ 94,74 bilhões.

 

A redução da dívida externa compensou o crescimento da dívida interna. De acordo com dados divulgados há pouco pelo Tesouro Nacional, a dívida pública mobiliária federal interna (DPMFi) aumentou de um mês para o outro 0,19%, um incremento de R$ 2,719 bilhões. Esse aumento da DPMFi se deve ao impacto dos encargos de juros da dívida, que em março somaram R$ 14,69 bilhões.

 

O resgate líquido de títulos da DPMFi promovido pelo Tesouro ao longo do mês de março, de R$ 11,97 bilhões, compensou em parte o impacto dos juros.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.