Dow Chemical tem lucro menor, mas supera expectativas

A Dow Chemical anunciou nestaquinta-feira lucro menor no trimestre, mas acima do esperado,apoiada por operações fora dos Estados Unidos e melhora nospreços e ganhos em suas unidades agrícolas. A companhia norte-americana afirmou que projeta um bomsegundo trimestre, na esteira dos fortes resultados de suasjoint-ventures, sólida presença de mercado fora dos EstadosUnidos e foco contínuo em aumento de preços. O lucro líquido da maior fabricante de produtos químicosdos EUA caiu para 941 milhões de dólares, ou 0,99 dólar poração, abaixo dos 973 milhões de dólares, ou 1,0 dólar por ação,um ano antes, impactada por um volume menor na América do Nortee aumento no custo de matérias primas. Mas as vendas no trimestre subiram 19 por cento, para 14,8bilhões de dólares, ajudadas por um aumento de dois dígitos nospreços em todas as regiões e de seis por cento nos volumes emeconomias emergentes. Analistas, em média, previam receita trimestral de 13,64bilhões de dólares, segundo a Reuters Estimates. A Dow enfrenta forte concorrência de fabricantes deprodutos químicos do Oriente Médio, que têm acesso a petróleo egás natural baratos. Capacidade adicional de produção deetileno, que deve entrar em operação na região no final do anodeve colocar ainda mais pressão nas margens de lucro da Dow. A Dow adotou uma estratégia de joint-venture para combateressa ameaça, assinando acordos com companhias no Oriente Médioe norte da África que lhe darão acesso a matérias-primas maisbaratas. Contudo, algumas dessas parceiras estão ainda algunsanos distantes da produção.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.