Dow Jones e S&P mantêm rali graças a setor de energia

O Dow Jones e o S&P 500 subiram na terça-feira, ampliando o rali deste mês, com o tempo frio na região nordeste dos Estados Unidos impulsionando o preço do petróleo e ações do setor de energia.

REUTERS

28 de dezembro de 2010 | 20h27

A nevasca que atingiu o leste do país aumentou a demanda por petróleo, elevando o preço da commodity nos Estados Unidos para acima de 91 dólares o barril e elevando o setor de energia no S&P em 0,4 por cento.

Os papéis de produtoras de commodities caíram na véspera após uma alta surpresa no juro básico chinês no fim de semana, o que fomentou receios sobre a demanda.

A Chevron Corp subiu 1,2 por cento, para 91,19 dólares e a Exxon Mobil ganhou 0,6 por cento, para 73,42 dólares.

"As ações estão seguindo dicas do mercado de commodities, mas seria uma surpresa ter movimentos dramáticas dado ao baixo volume e aos poucos agentes no mercado", disse Lawrence Glazer, sócio na Mayflower Advisors, em Boston.

Indicadores econômicos ruins mantiveram o mercado cauteloso. Dados da confiança do consumidor caíram inesperadamente em dezembro, afetados pelos crescentes temores sobre o mercado de trabalho, enquanto que o preço de moradias nos Estados Unidos caiu quase duas vezes mais que o esperado em outubro.

Entre as empresas de materiais, a Newmont Mining subiu 2,4 por cento.

O índice Dow Jones fechou em alta de 0,18 por cento, aos 11.575 pontos. O S&P 500 encerrou com ligeira valorização de 0,08 por cento, para 1.258 pontos, enquanto que o índice Nasdaq caiu 0,16 por cento, para 2.662 pontos.

(Reportagem de Ryan Vlastelica)

Tudo o que sabemos sobre:
WALLSTFECHAFINAL*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.