DuPont Danisco abrirá planta demonstrativa de etanol

A empresa DuPont Danisco Cellulosic Ethanol, uma joint venture entre a DuPont e a unidade da dinamarquesa Danisco, deve abrir amanhã sua planta recém-construída de etanol celulósico no Tennesse. A planta não é comercial e utilizará espiga de milho e capim para produzir o combustível, com capacidade para 250 mil galões de etanol por ano.

AE, Agencia Estado

28 Janeiro 2010 | 20h51

O presidente da DuPont Applied BioSciences, Joe Skurla, afirmou que as companhias esperam, por meio da fábrica demonstrativa, encontrar formas de produzir com custos de produção e capital reduzidos. Atualmente, o custo de capital do processo é de US$ 6 por galão e o de produção de US$ 2 por galão. Skurla espera que isso seja reduzido para US$ 4/galão e US$ 1,50/galão, respectivamente.

Ele se disse confiante de que a produção ganhe caráter comercial. A empresa já tem clientes interessados em construir uma planta de larga escala no Meio-Oeste e Skurla afirmou que ela poderia começar a produzir, em 2013, de 25 a 35 milhões de galões por ano.

As informações são da Dow Jones.

Mais conteúdo sobre:
EUA, etanol, DuPont, Danisco

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.