É a hora de líderes europeus encerrarem a crise, diz primeiro-ministro grego

Papandreou destacou que o povo grego está fazendo um esforço 'sobre-humano' para tornar a economia do país viável e próspera

Álvaro Campos, da Agência Estado,

26 de outubro de 2011 | 14h28

O primeiro-ministro da Grécia, George Papandreou, afirmou nesta quarta-feira, 26, que os líderes europeus precisam tomar decisões para colocar um fim na crise da dívida e na incerteza que domina a região.

Falando pouco antes de viajar para a cúpula da União Europeia em Bruxelas (Bélgica), ele comentou que o povo grego "está fazendo um esforço sobre-humano para colocar a casa em ordem e tornar a economia confiante, viável, próspera e criar um futuro melhor".

Papandreou frisou que "agora é a hora dos líderes europeus, coletivamente, tomarem decisões para encerrar a incerteza, encerrar a crise, virar a página e garantir que nós demos um grande passo no caminho de um futuro melhor e prosperidade e segurança para as pessoas na Europa".

As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.