Economia da Ásia estabilizou e ganhará força em 2013, diz diretor do FMI

FMI prevê que a economia do bloco asiático crescerá 4,5% neste ano e 5,9% em 2013

Clarissa Mangueira, da Agência Estado,

22 de novembro de 2012 | 09h25

SYDNEY - A economia da Ásia atingiu seu limite de baixa e o crescimento ganhará ritmo em 2013, disse Anoop Singh, diretor do Departamento da Ásia e do Pacífico do Fundo Monetário Internacional (FMI). "A Ásia estabilizou. Os dois últimos trimestre na China ganharam força levemente. Nós projetamos que o crescimento aumentará no ano que vem", acrescentou.

O FMI prevê que a economia da Ásia crescerá 4,5% neste ano e 5,9% em 2013, e que a economia da China terá expansão de 7,8% em 2012 e de 8,2% no próximo ano. Isso ajudará a amortecer a região enquanto as economias dos EUA e da Europa se recuperam gradualmente.

Segundo Singh, uma solução do abismo fiscal nos EUA e o progresso europeu para estabilizar a situação na Grécia dará uma confiança vital para impulsionar a economia mundial. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.