Economia dos EUA cresce 1,8% no 1º trimestre

Leitura preliminar aponta alta modesta do PIB, com recuo dos gastos dos consumidores e do governo, além de crescimento menor do comércio e do setor imobiliário

Danielle Chaves, da Agência Estado,

28 de abril de 2011 | 09h45

O Produto Interno Bruto (PIB) dos EUA subiu 1,8% no primeiro trimestre deste ano, de acordo com a leitura preliminar do Departamento de Comércio. O crescimento modesto foi menor do que o de 3,1% registrado no quarto trimestre do ano passado e ficou em linha com as estimativas dos economistas.

Os gastos do consumidor norte-americano - que são responsáveis por 70% do PIB do país - aumentaram 2,7% nos três primeiros meses deste ano, menos do que a alta de 4,0% no quarto trimestre de 2010.

O comércio, que havia contribuído para o crescimento dos EUA no fim do ano passado, foi um obstáculo para a economia norte-americana no primeiro trimestre. As exportações cresceram 4,9%, depois do aumento de 8,6% no quarto trimestre de 2010, enquanto as importações subiram 4,4%, após caírem 12,6%.

Houve queda nos gastos do governo federal no primeiro trimestre deste ano, de 7,9% - o maior declínio em mais de uma década -, em comparação com o recuo de 0,3% no fim do ano passado. Os gastos nacionais com defesa diminuíram 11,7%. As empresas também gastaram menos, com queda de 1,8%, depois de um aumento de 7,7% nos gastos no quarto trimestre de 2010.

O setor imobiliário voltou a ter contração, de 4,1%, em seguida à expansão de 3,3%. As vendas reais finais, que são o PIB menos as variações nos estoques privados, subiram 0,8% no primeiro trimestre, abaixo do avanço de 6,7% anterior. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAeconomiaPIBsetor imobiliário

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.