Economia japonesa cresce pelo segundo trimestre consecutivo

PIB da terceira maior economia do mundo avançou 0,9% entre janeiro e março de 2013

Agência Estado

15 de maio de 2013 | 21h25

A economia japonesa cresceu pelo segundo trimestre consecutivo entre janeiro e março de 2013, impulsionada pelo consumo pessoal e pela recuperação das exportações, segundo dados divulgados pelo governo.

O produto interno bruto (PIB) real da terceira maior economia do mundo avançou 0,9% entre o quarto trimestre de 2012 e os primeiros três meses deste ano. Em base anualizada, o PIB real do Japão cresceu 3,5% no primeiro trimestre de 2013.

Ao divulgar o PIB, o governo revisou de 0,2% para 1,0% o crescimento da economia do país entre outubro e dezembro do ano passado.

Os gastos com consumo, que representam cerca de 60% do PIB japonês, foram um dos principais alicerces do crescimento. O indicador cresceu 0,9% de janeiro a março. Foi o maior avanço desde o terceiro trimestre de 2011.

O crescimento de 3,5% em base anualizada contrasta não só com a expansão de 1% no quarto trimestre de 2012 após dois trimestres consecutivos de contração, mas também foi bastante superior às projeções dos economistas, de 2,8%.

A expansão da economia japonesa foi significativamente superior ao desempenho de outros países desenvolvidos no mesmo período e parece sinalizar que as medidas econômicas implementadas pelo primeiro-ministro Shinzo Abe nos últimos meses começam a surtir efeito.

Abe assumiu o governo do Japão em dezembro com a promessa de tirar o país de 15 anos de deflação. Desde então, o governo implementou um programa de investimentos públicos de 13,1 trilhão de ienes e indicou um novo presidente do Banco do Japão (BoJ) que instituiu um programa de compras de bônus que tem como objetivo levar o país a alcançar uma inflação de aproximadamente 2% nos próximos dois anos. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
JapãoPIB1º trimestre

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.