Divulgação Nespresso
Divulgação Nespresso

Kobra cria mural para homenagear mulheres na cafeicultura

A instalação artística de Kobra faz parte da campanha “Padrões foram feitos para serem quebrados”, da Nespresso

Wesley Gonsalves, O Estado de S.Paulo

04 de abril de 2022 | 05h00

O mundo dos negócios de café ainda é majoritariamente composto por homens, mas algumas mulheres vem quebrando esse cenário de hegemonia masculina. Para homenagear essas trabalhadoras da cafeicultura, a Nespresso -marca de gigantes suíça Nestlé- convidou o muralista Eduardo Kobra para criar mais uma intervenção artística na cidade de São Paulo

A instalação artística de Kobra faz parte da campanha “Padrões foram feitos para serem quebrados”, criada pela companhia para o lançamento da Virtuo, seu novo sistema de extração de café para a Nespresso. O muralista ficou responsável por retratar a cafeicultora Lucimar Silva criando a obra "Colheita''. 

Lucimar chefia a fazenda Guima Café, em Minas Gerais, uma das maiores fornecedoras do grão para a  companhia de alimentos, além de ser uma das  poucas mulheres no setor. Inspiração para a campanha a executiva trabalha com a cadeia de café desde os 14 anos. "Essa é uma homenagem incrível para essa mulher que superou tantos desafios e conseguiu crescer no mundo do café”, conta a diretora de marketing da marca, Monica Lopes. 

Além do mural de 25m de altura por 10 largura, que foi instalado na Rua Pedroso de Morais, no bairro de Pinheiro, em São Paulo, a campanha também será divulgada através de um filme publicitário sobre a história da trabalhadora que inspirou a intervenção e uma entrevista com o artista sobre os bastidores da instalação artística.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.