Eletrobrás encerra 2013 com prejuízo de R$ 6,3 bilhões

Companhia conseguiu diminuir as perdas no 4º trimestre em 47,6%, para R$ 5,5 bilhões

Eulina Oliveira, da Agência Estado,

28 de março de 2014 | 11h37

SÃO PAULO - A Eletrobrás reportou prejuízo líquido de R$ 6,287 bilhões em 2013, o que representa um recuo de 8,6% sobre o resultado negativo de R$ 6,879 bilhões reportado em 2012. Segundo a estatal, o prejuízo verificado no ano passado reflete as novas tarifas de geração e transmissão dos ativos cujas concessões foram renovadas nos termos da Lei 12.783/13.

O presidente da Eletrobrás, José da Costa Carvalho Neto, disse que a companhia espera registrar lucro em 2014. "Todos os nossos estudos indicam que, em 2014, a Eletrobras deve ter lucro", afirmou. O último lucro registrado pela companhia foi em 2011. Segundo ele, a Eletrobras espera que neste ano uma série de fatores não-recorrentes não prejudiquem o resultado.

Ainda segundo o relatório da Eletrobras sobre o balanço de 2013, o prejuízo do ano passado "foi decisivamente influenciado por diversas variáveis, dentre as quais impairment (baixa contábil) no valor de R$ 2,462 bilhões; despesa de R$ 1,726 bilhão com o Plano de Incentivo ao Desligamento (PID); e provisão para contingências no valor de R$ 1,399 bilhão".

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) da companhia ficou negativo em R$ 3,690 bilhões em 2013, o que representa uma queda de 50,2% sobre o Ebitda negativo de 2012, que somou R$ 7,412 bilhões.

A receita operacional líquida da Eletrobras no ano passado foi de R$ 23,836 bilhões, recuo de 14,9% na comparação com o ano anterior (R$ 28,014 bilhões).

Trimestre. A companhia registrou prejuízo de R$ 5,5 bilhões no quarto trimestre de 2013, redução de 47,61% ante o resultado negativo de R$ 10,499 bilhões verificado no mesmo período de 2012.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) da companhia entre outubro e dezembro de 2013 ficou negativo em R$ 3,307 bilhões, recuo de 72,4% na comparação com os R$ 12,001 bilhões negativos de igual intervalo do ano anterior. A receita operacional líquida da companhia somou R$ 6,013 bilhões no quarto trimestre do ano passado, montante 26,98% menor do que o verificado no mesmo período de 2012 (R$ 8,235 bilhões).

O Conselho de Administração da Eletrobrás aprovou, na quinta-feira, 27, o Plano Diretor de Negócios e Gestão para o período de 2014 a 2018. Conforme o fato relevante, estão previstos para o período investimentos da ordem de R$ 60,8 bilhões.

Os recursos serão empregados principalmente para expansão do parque de usinas e linhas de transmissão e modernização e manutenção dos ativos de geração, transmissão e distribuição.

Tudo o que sabemos sobre:
eletrobras

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.