Eletrobras não descarta executar dívida da Eletropaulo

A Eletrobras informou que aguardará 15 dias, contados a partir da próxima segunda-feira (17), para executar a dívida estimada em R$ 1,3 bilhão a ser paga pela AES Eletropaulo referente ao saldo de um empréstimo contratado pela companhia na época em que ainda era controlada pelo governo do Estado de São Paulo.

MÔNICA CIARELLI, Agencia Estado

14 de dezembro de 2012 | 15h46

Nesta sexta-feira, o juiz Thomaz de Souza e Melo, da 5ª Vara Cível do Rio de Janeiro, determinou o pagamento por considerar a Eletropaulo responsável pelo financiamento. A ação é de 1989 e envolve uma disputa entre Eletrobras, Eletropaulo e Cteep.

Em nota, a Eletrobras informa que a Justiça reconheceu o direito da Eletrobras no caso. "A partir daí, a Eletropaulo e a Cteep passaram a discutir na Justiça quem teria a responsabilidade de pagar o valor devido à Eletrobras", diz. Segundo a estatal, a CTEEP reconheceu um valor de R$ 40 milhões (valores da época), que depositou em juízo. Atualmente, esse valor está em cerca de R$ 100 milhões.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.