Eletrobras reduz em 53% perda com distribuição no 1º tri

Em um primeiro sinal de melhora em seus resultados, a atividade de distribuição da Eletrobras registrou uma queda de 53% no prejuízo na comparação entre o primeiro trimestre de 2013 e igual período de 2012, passando de R$ 197,8 milhões para R$ 92 milhões, de acordo com os dados reportados pela estatal. Vale lembrar que a companhia estuda uma reorganização do seu negócio de distribuição, que pode culminar com a venda parcial, e a entrada de um sócio estratégico, ou total dos seus seis ativos de distribuição.

WELLINGTON BAHNEMANN, Agencia Estado

16 de maio de 2013 | 09h44

A Eletrobras apurou a redução de 46,7% no prejuízo de sua principal distribuidora, a Amazonas Energia, que passou de R$ 108,94 milhões para R$ 58,31 milhões. Outra concessionária que registrou uma melhora no resultado foi a Distribuição Roraima, que passou de um prejuízo de R$ 13,91 milhões no primeiro trimestre de 2012 para um lucro de R$ 52,28 milhões no primeiro trimestre de 2013. Os destaques negativos ficaram por conta da Distribuição Alagoas e da Distribuição Piauí, as quais ampliaram as suas perdas em 2377% e 954,9%, respectivamente, para R$ 59,45 milhões e R$ 36,29 milhões.

No primeiro trimestre de 2013, os investimentos da Eletrobras em distribuição somaram aproximadamente R$ 100 milhões. Adicionalmente, a companhia registrou um aumento de 5,5% no volume de energia vendida pelas concessionárias, que passou de 3,6 mil GWh para 3,8 mil GWh, o que contribuiu para um crescimento de 10,9% na receita do segmento de distribuição, para R$ 1,35 bilhão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.