Eletronuclear desliga Angra 2 no sábado para troca de combustível

A usina nuclear de Angra 2, no Rio de Janeiro, vai parar por 33 dias a partir do próximo sábado para reabastecimento, informou a estatal Eletronuclear nesta quarta-feira.

REUTERS

16 de julho de 2014 | 19h54

A Eletronuclear afirmou que já comunicou a parada ao operador do sistema elétrico brasileiro. "Durante o período, o Operador Nacional do Sistema (ONS) realizará manobras no sistema elétrico de forma a garantir o abastecimento seguro de energia”, disse a Eletronuclear.

As paradas para reabastecimento da usina ocorrem a cada 12 meses, de acordo com a empresa.

A previsão é que durante a paralisação, cerca de um terço do combustível nuclear da usina será recarregado. A parada também vai servir para instalação de modificações de projeto que precisam ser feitas com a usina desligada, disse a estatal.

Empresas como Siemens, Westinghouse, Tecnaton e Areva foram contratadas para executar o serviço e disponibilizarão cerca de 1.300 profissionais, dos quais 180 estrangeiros, para dar suporte aos técnicos da Eletronuclear.

Tudo o que sabemos sobre:
ENERGIAANGRAPARA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.