Eletrosul receberá financiamento de banco alemão

O banco de fomento alemão KfW Bankengruppe concederá financiamento de 60 milhões de euros à Eletrosul, uma empresa do grupo Eletrobras. O montante será destinado à construção da pequena central hidrelétrica (PCH) Santo Cristo, localizada entre os municípios de Lages e Capão Alto, em Santa Catarina. O acordo foi formalizado nesta sexta-feira, 23, em Florianópolis.

ANDRÉ MAGNABOSCO, Agencia Estado

23 de maio de 2014 | 15h25

A construção da usina terá início no segundo semestre deste ano e a previsão de início das operações é para o ano de 2016. A PCH terá capacidade instalada de 19,5 megawatts (MW), volume suficiente para abastecer uma cidade com aproximadamente 143 mil habitantes.

O banco alemão já havia anunciado, no início deste ano, o financiamento de 100 milhões de euros a projetos de geração eólica e solar fotovoltaica liderados pela Eletrosul. Desse total, aproximadamente 66 milhões de euros serão destinados à segunda ampliação do Complexo Eólico Cerro Chato, em Sant''Ana do Livramento (RS). Serão implantadas no local mais três usinas com capacidade de 48 MW. O empreendimento tem outros 168 MW em operação e implantação, segundo a Eletrosul.

Os recursos do KfW Bankengruppe são provenientes do Programa Aberto, iniciativa prevista pelo Ministério de Cooperação e Desenvolvimento Econômico da Alemanha (BMZ), e estão inseridos no âmbito da Cooperação Brasil-Alemanha para o Desenvolvimento Sustentável.

"O KfW tem sido um importante parceiro da Eletrosul na concretização de projetos de geração de energia renovável e alternativa, como é o caso da usina fotovoltaica de 1 megawatt-pico (MWp) implantada na sede da empresa em Florianópolis, que está operando em testes, e as PCHs João Borges (19 MW) e Barra do Rio Chapéu (15,15 MW), já em operação no interior de Santa Catarina", destacou a Eletrosul em comunicado.

Os contratos entre KfW e Eletrosul para esses empreendimentos somaram aproximadamente 65,4 milhões de euros.

Tudo o que sabemos sobre:
EletrosulKfW Bankengruppe

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.