Sérgio Castro/Estadão
Sérgio Castro/Estadão

Embraer acerta abono de R$ 4 mil a funcionários

Reajuste sobre o salário nominal será de 5% a partir de janeiro de 2017

Reuters

28 Novembro 2016 | 23h00

A fabricante de jatos Embraer informou que assinou acordos com sindicatos da maior parte de sua base de funcionários no Brasil, com exceção da base em São José dos Campos (SP), onde fica a principal fábrica da companhia. Os acordos foram assinados com os sindicatos que representam os trabalhadores das unidades em cidades como Botucatu, Gavião Peixoto, São Paulo, Sorocaba e Taubaté.

Foi aprovado o pagamento de um abono fixo de R$ 4 mil por funcionário, independente da faixa salarial, a ser pago na quarta-feira, 30. Além disso, o reajuste sobre o salário nominal será de 5%, a partir de janeiro de 2017. “Em São José dos Campos, os trabalhadores de todas as unidades e de todos os turnos também aprovaram a mesma proposta. 

Para ser efetivada, falta ainda a formalização do acordo de convenção coletiva entre a Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo) e o Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos”, afirmou a Embraer.

Em nota, o Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos disse que o anúncio da empresa significa descumprimento do acordo aprovado em assembleia dos trabalhadores, que previa pagamento de abono na quarta-feira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.