Embraer confirma venda de Super Tucano para empresa dos EUA

A Embraer confirmou nesta sexta-feira quevendeu um caça turboélice para uma unidade da BlackwaterWorldwide, maior empresa de serviços de defesa do mundo, eafirmou que o aparelho não será usado em operações no Iraque. A venda do Super Tucano, primeiramente informada nodomingo, foi liberada pelos governos do Brasil e dos EstadosUnidos, segundo Fernando Ikedo, vice-presidente de inteligênciade mercado para mercados de defesa e governo, durante coletivade imprensa em Paris. "Vendemos um Super Tucano para a (subsidiária daBlackwater) EP Aviation, mas somente para uso de treinamentosnos Estados Unidos", disse o executivo. "Não há ligação com oIraque", acrescentou. A Blackwater, formada em 1997 pelos ex-fuzileiros ErikPrince e Al Clark, cuida da segurança de pessoal do governonorte-americano no Iraque, Afeganistão e em outros países. Aempresa está sob investigação do FBI por causa de suspeita dematar diversos civis iraquianos em Bagdá em setembro de 2007.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.