Embraer diz que crise da BRA não afeta previsões de entrega

A Embraer informou nesta quarta-feiraque possíveis desdobramentos em relação aos problemas sofridospela companhia aérea BRA não afetam as previsões de entrega dafabricante de aviões. "A Embraer informa que acompanha com atenção a evolução doassunto e esclarece, ainda, que possíveis desdobramentos destetema não afetarão negativamente previsões de entregasanteriormente divulgadas", afirmou a empresa em comunicado. Em junho, a Embraer anunciou que a BRA tinha feitoencomenda firme por 20 aviões Embraer 195, com opção de comprade outras 20 unidades do mesmo modelo. O início das entregasestava previsto para o segundo semestre de 2008. A BRA enfrenta grave crise financeira e anunciou naterça-feira a interrupção de todos os vôos e demissão de seus1.100 funcionários. Segundo dados da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac)de setembro, a empresa tinha 4,6 por cento do mercadodoméstico, à frente da Ocean Air, que estava com 2,61 porcento. A TAM anunciou nesta quarta-feira que aceitará os bilhetesjá emitidos pela BRA para destinos domésticos e internacionais. As ações da Embraer recuavam 0,94 por cento, para 21,05reais no fim da manhã, enquanto as da TAM perdiam 0,79 porcento, para 51,24 reais, após forte alta na véspera. Já oIbovespa operava perto da estabilidade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.