Embraer entrega 29 aviões comerciais no 2o trimestre

A Embraer entregou 29 jatos comerciais e 29 aviões executivos no segundo trimestre deste ano, somando 58 aeronaves no período, contra 51 em igual etapa do ano passado.

REUTERS

14 de julho de 2014 | 08h45

Em comunicado divulgado nesta segunda-feira, a fabricante brasileira de aviões acrescentou que sua carteira de pedidos firmes chegou a 18,1 bilhões de dólares no final do segundo trimestre.

A cifra representa uma queda ante os 19,2 bilhões de dólares registrados no fim do primeiro trimestre, mas mostra um crescimento de cerca de 6 por cento sobre o mesmo período de 2013.

A companhia, maior fabricante mundial de jatos regionais, acumulou entregas de 92 aviões na primeira metade deste ano, num avanço sobre as 80 unidades despachadas a clientes no primeiro semestre do ano passado.

Até o final de junho, a carteira de pedidos de aviação comercial da empresa tinha 1.481 aviões como encomendas firmes, 760 opções e 440 aeronaves a serem entregues.

Entre os pedidos firmes em carteira da empresa estão três jatos modelo 175 e 10 unidades do modelo 190 listados como tendo sido encomendados por clientes "não divulgados".

A Embraer divulga resultados de segundo trimestre em 31 de julho. Nos três primeiros meses do ano, o lucro da companhia subiu mais que quatro vezes sobre o mesmo período de 2013, apesar das entregas trimestrais de jatos comerciais terem sido as menores em pelo menos cinco anos.

No segundo trimestre, dos 29 aviões comerciais entregues, 16 foram do modelo 175, o dobro do modelo 190, de maior porte. Houve ainda 5 entregas do avião 195.

Na aviação executiva, a maior parte das entregas foi de jatos leves, 22 unidades, com as 7 unidades restantes de modelos grandes (1 Lineage 1000 e 6 Legacy 650).

(Por Alberto Alerigi Jr., edição Marcela Ayres)

Tudo o que sabemos sobre:
AEREASEMBRAERENTREGAS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.