Embraer tem lucro líquido de R$ 122,2 mi no 3º trimestre

A Embraer reportou nesta quinta-feira, 31, lucro líquido de R$ 122,2 milhões no terceiro trimestre deste ano, ante R$ 132,9 milhões em igual período de 2012. Este resultado representa uma queda de 8,05% no período. O lucro líquido atribuído aos acionistas da empresa totalizou R$ 118,7 milhões, ante R$ 132,6 milhões verificados no terceiro trimestre do ano passado, uma diferença de 10,48%.

WLADIMIR D'ANDRADE, Agencia Estado

31 de outubro de 2013 | 09h49

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) da fabricante de aeronaves foi de R$ 358,5 milhões no terceiro trimestre do ano. O valor representa avanço de 5,44% sobre os R$ 340,0 milhões reportados no período de julho a setembro de 2012. A margem Ebitda ficou em 12,2%, ante 12,0% no terceiro trimestre do ano passado.

A receita líquida da Embraer foi de R$ 2,943 bilhões, o que mostra uma alta de 3,46% sobre os R$ 2,845 bilhões divulgados no terceiro trimestre de 2012. No terceiro trimestre de 2013 a carteira de pedidos firmes a entregar (backlog) da Embraer era de US$ 17,8 bilhões, o que representa uma alta de 4,09% ante o anotado no segundo trimestre do ano (US$ 17,1 bilhões). A carteira de pedidos em 30 de setembro contava com um total de 1.362 pedidos firmes, 838 opções, 966 entregas e 396 pedidos firmes a entregar. No terceiro trimestre a empresa entregou 44 naves, sendo 19 jatos comerciais e 25 executivos.

A Embraer encerrou o terceiro trimestre deste ano com caixa líquido negativo de R$ 44 milhões, sendo que em igual período de 2012 o saldo era positivo em R$ 249,7 milhões e no segundo trimestre de 2013, de R$ 128,8 milhões. A companhia atribuiu a diminuição do caixa líquido aos investimentos e ao aumento de R$ 610,6 milhões nos estoques.

O caixa líquido da Embraer corresponde ao caixa e equivalentes somados a investimentos financeiros de curto prazo e financiamento de curto e longo prazos. Os estoques da companhia somaram ao final do terceiro trimestre R$ 6,2 bilhões, em antecipação, segundo a Embraer, ao maior número de entregas de jatos comerciais e executivos que deverá ocorrer entre outubro e dezembro, o trimestre com o maior número de atendimentos.

"A expectativa é de que o fluxo de caixa operacional melhore ao final do ano, uma vez que os estoques tendem a reduzir com o aumento esperado das entregas no período", afirmou a empresa. A Embraer informou ainda que o investimento no terceiro trimestre chegou a R$ 174,9 milhões e no acumulado do ano, a R$ 415,1 milhões. Parte do investimento inclui despesas com equipamentos e imobilizado de, principalmente, programas no segmento de Defesa & Segurança.

Os investimentos da Embraer em desenvolvimento de produtos somou R$ 183,6 milhões no terceiro trimestre, montante parcialmente compensado pelo recebimento de R$ 55 milhões em contribuição de parceiros relacionada ao desenvolvimento da segunda geração de jatos comerciais (E-Jets E2). ( - wladimir.dandrade@estadao.com)

Tudo o que sabemos sobre:
Embraerbalanço3º trimestre

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.