Sergio Castro/Estadão - 24/10/2014
Sergio Castro/Estadão - 24/10/2014

Embraer tem prejuízo de R$ 40,1 milhões no 1º trimestre

A receita líquida da Embraer caiu 1,3% entre os períodos, passando de R$ 3,268 bilhões no primeiro trimestre de 2017 para R$ 3,227 bilhões no mesmo intervalo de 2018

Leticia Fucuchima, O Estado de S.Paulo

27 Abril 2018 | 08h16

A Embraer encerrou o primeiro trimestre de 2018 com um prejuízo líquido atribuído aos acionistas de R$ 40,1 milhões, revertendo o resultado positivo de R$ 168,5 milhões registrado entre janeiro e março de 2017.

+ Boeing e Embraer estão próximas de acordo

Já no critério ajustado, excluindo o imposto de renda e a contribuição social diferidos no período, a Embraer contabilizou prejuízo líquido de R$ 77,8 milhões no trimestre, ante o lucro de R$ 126,2 milhões reportado um ano antes.

+ Brasil vence primeira etapa de disputa contra Canadá por jatos

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) da fabricante totalizou R$ 292,9 milhões nos primeiros três meses de 2018, 17,3% menor que os R$ 354,0 milhões observados há um ano. A margem Ebitda, por sua vez, ficou em 9,1%, um recuo de 1,7 ponto porcentual (p.p.) frente ao primeiro trimestre de 2017.

O resultado operacional (Ebit) atingiu R$ 88,1 milhões positivos, uma queda de 30,4% frente um ano antes. A margem Ebit caiu de 3,9% no primeiro trimestre de 2017 para 2,7% no último trimestre.

A companhia informa que os indicadores de Ebit e Ebitda do trimestre não contam com qualquer item especial contabilizado.

A receita líquida da Embraer caiu 1,3% entre os períodos, passando de R$ 3,268 bilhões no primeiro trimestre de 2017 para R$ 3,227 bilhões no mesmo intervalo de 2018.

Ajustes. Em release de resultados, a companhia destaca que os resultados de períodos anteriores tiveram "pequenos ajustes" para refletir a adoção do IFRS 15 (Receita de Contratos com Clientes) e do IFRS 9 (Instrumentos Financeiros).

O documento informa ainda que a carteira de pedidos firmes (backlog)  da fabricante brasileira de jatos atingiu US$ 19,5 bilhões no primeiro trimestre deste ano, e passou a incluir a nova unidade de negócio de Serviços & Suporte. A companhia já havia divulgado o resultado de entregas, mas o valor consolidado dobacklog foi anunciado apenas hoje, pois passou a fazer parte das Demonstrações Financeiras, de acordo com os novos requisitos da IFRS 15.

Por fim, a Embraer reiterou todo o seu guidance, tanto financeiro quanto de entregas, para o ano de 2018.

Mais conteúdo sobre:
Embraer

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.