Embraer vende 10 jatos à Jetscape em acordo de US$ 1,1 bi

Empresa brasileira também anunciou um novo contrato com a Virgin Blue Airlines, no valor de US$ 150 milhões

Cynthia Decloedt, da Agência Estado,

20 de fevereiro de 2008 | 07h26

A companhia brasileira Embraer informou nesta quarta-feira, 20, que a Jetscape, companhia sediada nos EUA, irá adquirir 10 de seus jatos 190, por um total de US$ 375 milhões. A compra inclui a opção para aquisição de mais 10 jatos e a aquisição de direitos sobre outras 10 aeronaves, elevando o total do acordo para US$ 1,1 bilhão.   A companhia Jetscape tem negócios na aérea de leasing de aeronaves comerciais, administração e serviços de assessoria. Atualmente detém e administra 18 aeronaves com 10 operadoras em 10 países.   A Embraer também anunciou nesta quarta a assinatura de um novo contrato com a australiana Virgin Blue Airlines, prevendo quatro direitos de aquisição de jatos Embraer 190 e a conversão de outras três opções para o mesmo modelo. O valor deste novo acordo, diz a Embraer em nota, é de US$ 150 milhões e pode chegar aos US$ 262,5 milhões, se todas as opções forem confirmadas. A transação já está inclusa na contabilidade de encomendas do quatro trimestre, disse a Embraer na nota.   A Virgin Blue opera atualmente três jatos Embraer 170 e irá brevemente receber o primeiro jato 190. As encomendas totais feitas pela companhia aérea australiana somam agora 24 aeronaves, seis delas jatos 170 e 18 jatos 190.   A Embraer confirmou ainda sua projeção de entrega de entre 195 a 200 aeronaves em 2008 e em 2009. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
AEREASEMBRAERJETSCAPE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.