Embraer vende três jatos usados para aérea angolana SEAA

Aeronaves, que têm entre 37 a 50 assentos, serão utilizadas em operações de voos domésticos na Angola

Agência Estado,

13 de outubro de 2009 | 09h51

A Embraer informa ter vendido dois jatos ERJ 135 e um ERJ 145, todos usados, para a nova companhia aérea regular da Angola, a Serviços Executivos Aéreos de Angola (SEAA), cujo plano inicial é operar as aeronaves em voos domésticos.

 

Veja também:

link Embraer entrega 57 aviões no terceiro trimestre 

 

A negociação, por valor não revelado no comunicado, foi feita por meio da ECC Leasing Company Limited, subsidiária integral da Embraer que administra e negocia o portfólio de aeronaves usadas. Os ERJ 135 da SEAA são configurados com 37 assentos e os ERJ 145, com 50.

Tudo o que sabemos sobre:
EmbraervendajatosSEAA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.