Embraer venderá 60 jatos comerciais para empresas da China, dizem fontes

A Embraer assinará um acordo nesta quinta-feira para vender 60 jatos comerciais do modelo E-190 para duas empresas aéreas chinesas, disseram duas fontes diplomáticas à Reuters que pediram para não serem identificadas.

REUTERS

17 de julho de 2014 | 10h20

Considerando o preço de lista da aeronave, de 47,7 milhões de dólares, o acordo pode chegar a 2,862 bilhões de dólares.

O acordo será assinado no fim da manhã desta quinta-feira, após um encontro entre a presidente Dilma Rousseff e o presidente chinês, Xi Jinping.

Tudo o que sabemos sobre:
AEREASEMBRAERVENDA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.