Empresa de leasing do Kuwait negocia pedido de aviões com Airbus

A Alafco pretende dobrar a frota de aviões para 100 aeronaves até 2018, e negocia com a Airbus um novo pedido, afirmou nesta segunda-feira o presidente de conselho da companhia com sede no Kuwait.

REUTERS

24 de outubro de 2011 | 15h11

"A primeira parte do nosso plano era alcançar uma frota de 50 aeronaves, e estamos quase lá. Agora nosso plano é chegar a 100 aviões em 2018", disse Ahmad al-Zabin na Reuters Middle East Investment Summit, no Kuwait.

"Estamos em negociações com a Airbus para aumentar o último pedido, e qualquer resultado será anunciado no Salão Aeronáutico de Dubai, em novembro", afirmou.

No Paris Air Show, em junho, a Alafco assinou um memorando de entendimentos para comprar 30 aviões da família A320neo, no valor total de 2,7 bilhões de dólares a preços-lista.

A empresa tem uma frota de 48 aeronaves, sendo 27 Airbus, detalhou o presidente de conselho.

"Entre as companhias para que fazemos leasing estão Saudi Airlines, Turkish Airlines, Malaysia Airlines, Royal Jordanian e Ethiopian Airlines", acrescentou.

Zabin disse que a empresa deverá registar lucro recorde no ano fiscal que terminou Zabin disse que a empresa deverá registrar lucro recorde no ano fiscal que terminou dinares (39,2 milhões de dólares).

A Kuwait Finance House e a estatal Kuwait Airways estão entre os maiores acionistas da Alafco.

(Por Will Waterman)

Tudo o que sabemos sobre:
AEREASALAFCOAIRBUS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.