Encomenda de bens duráveis sobe 2,5% em março nos EUA

A alta é a terceira seguida e superou levemente a previsão dos economistas

Cynthia Decloedt, da Agência Estado,

27 de abril de 2011 | 10h08

As encomendas de bens duráveis subiram 2,5% em março nos Estados Unidos, para US$ 208,37 bilhões, em termos sazonalmente ajustados, de acordo com dados divulgados hoje pelo Departamento do Comércio do país. A alta é a terceira seguida e superou levemente a previsão dos economistas, que esperavam avanço de 2,4%. As encomendas em fevereiro subiram 0,7%, dado revisado de queda de 0,6% estimada anteriormente.

As encomendas de bens de capital excluindo defesa e aeronaves, consideradas um indicador dos investimentos de capital das empresas, avançaram 3,7% em março. As encomendas de bens de capital de defesa subiram 7,6% em março. As encomendas de bens de capital subiram 3,7%. As encomendas de bens de capital excluindo defesa cresceram 3,2%.

As encomendas de bens duráveis excluindo defesa aumentaram 2,3% em março, após alta de 2% em fevereiro. Excluindo transportes, as encomendas de bens duráveis subiram 1,3% em março, seguindo-se a uma alta de 0,6% em fevereiro.

Os embarques de bens duráveis cresceram 1,8% em março. Os estoques avançaram 1,3%. As encomendas, previsão de demanda futura, subiram 0,8% em março, 11º mês aumento em 12 meses. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAbens duráveisencomendasmarço

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.