Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Encomendas à indústria na Alemanha caem 2,3% em abril

Em relação a abril do ano passado as encomendas ajustadas diminuíram 0,4% 

Agência Estado,

06 de junho de 2013 | 08h01

As encomendas à indústria da Alemanha caíram 2,3% em abril, na comparação com março, segundo dados sazonalmente ajustados do Ministério da Economia. A previsão dos economistas consultados pela Dow Jones era de queda mensal de 0,8% em abril. A alta registrada em março foi revisada em 0,1 ponto porcentual para cima, a +2,3%.  

Em relação a abril do ano passado as encomendas ajustadas diminuíram 0,4%. Sem ajustes sazonais, as encomendas à indústria alemã aumentaram 5,6% em abril, na comparação com o mesmo mês do ano passado.  

As encomendas domésticas recuaram 3,2% em abril ante março, enquanto as estrangeiras declinaram 1,5%, com a demanda de países da zona do euro em baixa de 3,6% e a de países de fora do bloco diminuindo 0,2%.

Entre os principais setores, as encomendas de bens de investimento caíram 3,6% no mês em abril, as de bens intermediários tiveram queda de 1,9% e as de bens de consumo contrariaram a tendência e subiram 7,5%.

A comparação menos volátil de dois meses mostrou que as encomendas à indústria alemã no período de março e abril subiram 2,3% em comparação com o período de janeiro e fevereiro. A média móvel de três meses, de fevereiro a abril, mostrou alta de 0,7% ante os meses de janeiro a março. Fonte: Dow Jones Newswires e Market News International.

Tudo o que sabemos sobre:
alemanhaindústria

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.