Encomendas à indústria na zona do euro sobem 2,1% em novembro

Desempenho foi dissonante entre os países da região; Itália e Holanda registraram queda nas encomenda, enquanto Alemanha e Portugal tiveram crescimento

Danielle Chaves, da Agência Estado,

24 de janeiro de 2011 | 08h49

As encomendas à indústria da zona do euro aumentaram 2,1% em novembro do ano passado, na comparação com outubro, e subiram 19,9% em relação a novembro de 2009. Os dados foram mais fortes do que os de outubro, quando as encomendas cresceram 1,4% sobre setembro e 14,8% sobre outubro de 2009.

No entanto, os resultados de novembro ficaram levemente abaixo das estimativas dos economistas ouvidos pela Dow Jones, que eram de alta mensal de 2,2% e anual de 17,5%.

O desempenho das indústrias variou entre os países da zona do euro. Na Itália e na Holanda as fábricas registraram queda nas encomenda, enquanto na Alemanha houve aumento de 5,3% e em Portugal, crescimento de 9,1%.

Nos 27 países membros da União Europeia como um todo, as encomendas subiram 1,6% ante outubro e 18,9% ante novembro de 2009. No Reino Unido, as encomendas aumentaram 2,7% em novembro no mês e 12,6% no ano. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.