Encomendas de máquinas no Japão sobem 20,1% em dezembro ante novembro

Crescimento sugere que empresas podem começar a aumentar seus gastos de capital em breve

Danielle Chaves, da Agência Estado,

10 de fevereiro de 2010 | 14h15

As encomendas de máquinas no Japão cresceram muito mais do que o esperado em dezembro, em razão da grande demanda das indústrias, sugerindo que as empresas podem, em breve, começar a aumentar seus gastos de capital.

 

O núcleo das encomendas, que exclui dados voláteis sobre navios e fornecimento de eletricidade, subiu 20,1% em comparação com novembro - a terceira maior alta já registrada. Economistas esperavam aumento de 8,4%.

 

As encomendas de máquinas da indústria subiram 17,1% em dezembro ante novembro, enquanto as de setores não industriais aumentaram 22,9%. Nos últimos três meses de 2009, as encomendas de máquinas cresceram 0,5%, a primeira alta em sete trimestres.

 

Enquanto isso, dados sobre preços de bens corporativos, também anunciados nesta quarta-feira, 10, sugeriram que pressões deflacionárias podem se enfraquecer adiante, em consequência da alta dos preços das commodities, dando mais suporte para uma visão econômica otimista.

 

O índice de preços de bens corporativos - que acompanha os preços de bens produzidos e usados domesticamente que são comercializados entre companhias - caiu 2,1% em janeiro, em comparação com janeiro do ano passado. Esse foi o décimo terceiro mês seguido de queda. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.