Energia: governo anuncia R$ 8 milhões para células a combustível

São Paulo, 30 - O ministro da Ciência e Tecnologia, Eduardo Campos, anunciou hoje a liberação de R$ 8 milhões para o Programa Brasileiro de Sistemas Célula a Combustível (ProCaC). O programa aglutina os projetos de pesquisas envolvendo tecnologias de células a combustível, em desenvolvimento em dezessete instituições. "Queremos obter com as células a combustível o mesmo êxito alcançado em programas do álcool combustível e do biodiesel", disse Campos. O ministro participou hoje da solenidade de inauguração da primeira célula a combustível desenvolvida no País, realizada no Centro Incubador de Empresas Tecnológicas (Cietec), na Cidade Universitária, em São Paulo (SP). A célula a combustível pioneira foi desenvolvida pela empresa Eletrocell, com o apoio da AES Eletropaulo. Células a combustível são geradores que produzem energia por meio de reações químicas envolvendo combustíveis biomassa, álcool, hidrogênio líquido, entre outros. Segundo informações do ministério, o ProCac está dividido em três redes de pesquisa: de combustíveis e hidrogênio; de sistemas célula a combustível de óxido sólido; e de sistemas célula a combustível de eletrólito polimérico. (Eugênio Melloni)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.