Eneva diz que acordo para suspender pagamentos de juros sobre operações financeiras expirou

A empresa de energia Eneva divulgou nesta segunda-feira que o acordo para suspender a amortização e o pagamento de juros de operações financeiras contratadas pela companhia e suas subsidiárias com seus credores financeiros expirou em 21 de novembro.

REUTERS

24 de novembro de 2014 | 10h15

Em fato relevante, a empresa afirmou que continua em "entendimentos construtivos" com os credores para revalidar o acordo com o intuito de avançar no seu plano de estabilização, que busca o fortalecimento de sua estrutura de capital e medidas para o reperfilamento das dívidas financeiras.

(Por Marcela Ayres)

Tudo o que sabemos sobre:
ENERGIAENEVAACORDO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.