Eni vende gás Brasiliano para Petrobras por US$ 250 mi

A companhia de petróleo e gás italiana Eni disse que vendeu 100% da distribuidora Gás Brasiliano para a Petrobras por cerca de US$ 250 milhões. A Gás Brasiliano distribui gás no Estado de São Paulo, cobrindo 375 municípios. A venda está sujeita a ajustes com base na dívida líquida e capital de giro no fechamento.

CLARISSA MANGUEIRA, Agencia Estado

27 de maio de 2010 | 11h05

A Petrobras confirmou, em comunicado, a compra de 100% da distribuidora de gás natural Gas Brasiliano e afirmou que a aquisição vai posicionar a empresa na atividade de distribuição no maior mercado brasileiro para o gás natural, a região de São Paulo. A distribuidora também está localizada próximo à entrada do gás fornecido pela Bolívia e transportado pelo Gasbol e às reservas de gás da região Sudeste.

A compra fechada ontem foi feita por meio da subsidiária Petrobras Gás. Segundo a petroleira o valor acertado com a Eni está sujeito a ajustes em razão do valor do capital de giro da empresa na data da liquidação da operação. Também a transferência do controle estará sujeita à conclusão da transação, condicionada à aprovação dos órgãos reguladores no Brasil.

A Gas Brasiliano possui a concessão das atividades de distribuição de gás natural na região noroeste do estado de São Paulo, em uma área que cobre 375 municípios e atende à demanda industrial, comercial, residencial e do setor de transportes. O contrato de concessão teve início em dezembro de 1999 com duração de 30 anos, podendo ser estendido por mais 20 anos. Em 2009, a rede de distribuição da companhia alcançou 734,5 km e o volume de vendas foi de aproximadamente 529 mil metros cúbicos de gás por dia.

Tudo o que sabemos sobre:
gásPetrobrasGás Brasiliano

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.