Equador faz acordo com petrolíferas chinesas e avança com outras

O Equador fechou acordos com aspetrolíferas chinesas Andes Petroleum e PetroOriental durante arenegociação dos contratos vigentes com empresas do exterior,cujo objetivo é aumentar a participação estatal no estratégicosetor, disse nesta sexta-feira uma autoridade. Acertos com a brasileira Petrobras, a espanhola Repsol-YPFe a francesa Perenco podem ser anunciados nas próximas horas,disse à Reuters o coordenador da equipe negociadora do Equador,José Sánchez. No caso da Andes Petroleum, o Equador acertou respeitar ostérminos do contrato vigente, que inclui participação estatalde 28 por cento na produção do bloco amazônico Tarapoa. Aempresa extrai dessa concessão cerca de 44 mil barris por dia. Sánchez informou que no caso dos campos menores 14 e 17,sob administração da PetroOriental, a fatia do país dobrarápara 25 e 28 por cento, respectivamente. Os dois camposproduzem entre 10 mil e 12 mil bpd, conjuntamente. O Equador espera concluir um acordo com as empresas atésábado. As companhias estrangeiras produzem cerca de 250 milbarris por dia no país. (Por Carlos Andrade García)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.