Escassez de crédito atrasa decisão de plantio da soja

São Paulo, 6 - A dificuldade que o agricultor vem tendo para obter recursos para financiar a produção pode estar adiando a decisão de plantio de soja na safra 2004/05. A avaliação é da consultoria Céleres, de Uberlândia-MG. Segundo relatório divulgado hoje pela consultoria, foi muito baixo nos últimos meses no volume de negócios antecipados com soja, sejam eles troca de insumos, adiantamento de recursos ou contratos a termo. Em parte, o problema foi resultado da própria indecisão do agricultor, ante ao cenário de preços mais baixos por causa da grande safra americana. Mas a Céleres também observa que há um cenário de escassez de crédito para financiar o capital de giro da produção. Sem novos dados, a Céleres está mantendo intacta sua estimativa para a próxima safra de soja em 64,168 milhões de tonelada, alta de 25,8% sobre 2003/04. A projeção se baseia em um crescimento de 7,6% na área plantada, para 22,897 milhões de hectares, e em uma produtividade média de 2.802 kg/ha, alta de 16,9% sobre a safra passada. O aumento da produtividade, esclarece a Céleres, foi calculado a partir de uma projeção linear de sua evolução em cada estado produtor nas últimas 15 safras. A produtividade é significativamente maior do que a do ano passado porque a consultoria presume que não se repetirão os problemas climáticos e o nível de devastação provocado pela ferrugem asiática.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.