Espanha vende € 4,7 bi em títulos com demanda fraca e taxa de retorno alto

Preocupações com países da periferia do euro prejudicaram demanda e elevaram os custos do leilão; montante ficou perto do mínimo pretendido, que era de € 4,5 bi a € 5,5 bi

Danielle Chaves, da Agência Estado,

18 de abril de 2011 | 09h39

A Espanha vendeu 4,659 bilhões de euros em títulos do Tesouro na manhã desta segunda-feira, 18, com as renovadas preocupações com os países da periferia da zona do euro prejudicando a demanda e elevando os custos do leilão. O montante ficou perto do mínimo pretendido, que era de um volume entre 4,5 bilhões de euros e 5,5 bilhões de euros.

O yield (retorno ao investidor) médio pago pela Espanha foi de 2,770% para os títulos de 12 meses, em comparação com 2,128% no leilão realizado em 15 de março, e 3,364% para os títulos de 18 meses, de 2,436%. A proporção entre ofertas feitas e ofertas aceitas (bid-to-cover) nos papéis de 12 meses ficou em 1,63, de 2,37 anteriormente, e nos de 18 meses ficou em 2,04, de 3,51.

Segundo Chiara Cremonesi, estrategista do UniCredit em Londres, a demanda foi mais fraca do que a de leilões anteriores mais "continua boa". Para ela, é menos positivo o aumento dos custos do financiamento. Analistas também observaram que a demanda foi prejudicada pela aproximação do feriado da Páscoa.

Outro possível fator que contribuiu para a baixa demanda no leilão espanhol foi a realização de outros leilões na Europa, por países com rating AAA. Alemanha vendeu 2,8 bilhões de euros em títulos do Tesouro de 12 meses, chamados bubills, com yield de 1,3869%. Holanda vendeu um total de 5,31 bilhões de euros em Certificados do Tesouro Holandês (DTCs) de 3,5 e 8,5 meses, com yields de 0,875% e 1,175%, respectivamente.

A fraca demanda no leilão de hoje pode ser um sinal negativo para a venda de bônus com vencimentos em 2021 e 2024 que a Espanha pretende fazer na quarta-feira. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.