Espanhola Endesa diz que América Latina é sua prioridade

A empresa espanhola de energia Endesadisse na quarta-feira que continuará apostando na AméricaLatina, região que considera prioritária para suas operações eonde manterá o nível de seus investimentos depois da recentetransferência de seu controle acionário para a construtoraAcciona e para a energética italiana Enel. O diretor-geral da Endesa para a América Latina, PedroLarrea, disse a jornalistas que os novos controladores deramsinais de continuidade e confiança nas operações na região. A Endesa tem forte presença em Argentina, Brasil, Colômbia,Chile e Peru. "Por tudo que disseram nossos novos acionistas, a AméricaLatina é uma região de prioridade para a Endesa, como foi atéagora, e portanto vamos realizar os projetos que temos emmarcha e possivelmente muitos outros que possam ir surgindo",disse Larrea durante o 3o Encontro Empresarial Ibero-Americanoem Santiago. "A região para a Endesa supõe cerca de 33 por cento de seusativos no mundo, e pelos acordos que há serão vendidos umaparte dos ativos europeus, e digo, por simples aritmética, quea América Latina passará a ser uma região mais importante",acrescentou. De acordo com o executivo, a empresa investe entre 800 e900 milhões de euros por ano (1,17 a 1,32 bilhão de dólares), eque esses níveis serão mantidos ou mesmo ampliados.

REUTERS

07 de novembro de 2007 | 21h14

Tudo o que sabemos sobre:
ENERGIAENDESAALATINA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.