Ricardo Moraes/Reuters
Ricardo Moraes/Reuters

Estácio compra UniToledo, de Araçatuba, por R$ 102 milhões

Pela primeira vez, instituição de ensino manterá marca de empresa adquirida, que tem 5,3 mil alunos, 25 cursos de graduação e 18 de pós

Fabiana Holtz, O Estado de S.Paulo

12 de setembro de 2019 | 11h50

A Estácio Participações anunciou nesta quinta-feira, 12, a aquisição da UniToledo, instituição de ensino superior de Araçatuba (SP), por R$ 102,5 milhões. Pelo acordo, a empresa deve desembolsar R$ 55 milhões à vista. O restante (R$ 47,5 milhões) será pago em três parcelas anuais.

O contrato ainda prevê que a Estácio pagará R$ 15 milhões à UniToledo caso a instituição obtenha sucesso no credenciamento da operação de Ensino a Distância (EAD). Esse valor pode variar dependendo do prazo de autorização das licenças para aberturas de polos. O processo está na fase final de autorização e representa uma permissão para abrir 250 polos por ano.

Fundada em 1966, a UniToledo oferece cursos de graduação e pós-graduação e no ano passado teve geração de caixa de R$ 12,2 milhões e receita líquida de R$ 42,7 milhões. Conforme fato relevante divulgado pela empresa, a conclusão da transação está sujeita a condições precedentes e à aprovação pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). Pela primeira vez, a Estácio manterá a marca de uma instituição de ensino adquirida.

Com aproximadamente 5,3 mil alunos no segmento presencial e 3.155 vagas anuais autorizadas, a UniToledo possui o status de Centro Acadêmico e conta com um portfólio de 25 cursos de graduação e 18 cursos de pós-graduação, além de cursos técnicos. Em 2017, a instituição recebeu nota 4 no Índice Geral de Cursos (IGC) e, em 2018, obteve nota 5 no Conceito Institucional, ambos concedidos pelo Ministério da Educação (MEC).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.