Esterco colocado em frente ao prédio da Aneel começa a ser retirado

Manifestantes do Greenpeace tomaram a atitude em protesto ao leilão da hidrelétrica de Belo Monte

Célia Froufe, da Agência Estado,

20 de abril de 2010 | 10h39

Um trator começou a retirar há pouco o monte de esterco colocado por manifestantes do Greenpeace em frente ao prédio da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), onde será realizado o leilão da hidrelétrica de Belo Monte. Em cima do monte de esterco, havia manifestantes com faixas com os seguintes dizeres: "Belo Monte, usina de 'M'".

 

Os manifestantes do Greenpeace, que também estavam acorrentados em frente ao portão principal do prédio da Aneel, se desarticularam e se encaminharam ao portal lateral, por onde está sendo o acesso dos participantes e dos jornalistas que acompanharão o leilão, caso o governo consiga cassar a liminar da Justiça Federal do Pará, que suspendeu ontem a licitação.

 

De acordo com o capitão Seixas, um dos responsáveis da Polícia Militar (PM) para garantir a segurança para que o leilão ocorra, caso seja liberado, há 350 homens protegendo a sede da Aneel. Quinze deles se posicionaram há pouco em frente à entrada principal do prédio.

Tudo o que sabemos sobre:
AneelenergiaBelo Monte

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.