EU pressiona Google por mais detalhes de buscas

O responsável pela competição na União Europeia (UE) pediu ao Google que faça mais concessões como parte de sua investigação sobre a forma de a empresa classificar e apresentar seus resultados de busca.

Agencia Estado

18 de julho de 2013 | 02h33

A Comissão Europeia, braço executivo da UE, abriu uma sindicância formal sobre as práticas de busca do Google no final de 2010 em meio a preocupações com a possibilidade de abuso de seu domínio na busca pela internet.

Após muita negociação, o Google submeteu uma proposta formal em abril com o objetivo de encerrar a investigação, mas parece que isso não foi suficiente para os reguladores.

"Concluo que a proposta que o Google enviou a nós meses atrás não é suficiente para debelar nossas preocupações", afirmou o comissário da UE, Joaquim Almunia. "Escrevi uma carta ao presidente do Google pedindo que apresente propostas melhores." Almunia não fez comentários sobre a carta, que foi enviada ao presidente do Google, Eric Schmidt. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Google

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.