EUA anunciam maior recall de carne congelada neste domingo

Medida se deve a investigação de mal trato de gado em matadouro situado no sul da Califórnia

Agências internacionais

17 de fevereiro de 2008 | 19h44

O Departamento americano de agricultura anunciou o recall neste domingo, 17, de 65 milhões de quilos de carne congelada de um matadouro do sul da Califórnia, que está sob investigação por suposto mal trato ao gado.A Agência de agricultura dos EUA apontou que se trata do maior recall de carne da história do país.  Autoridades disseram que a medida afetará a produtos da empresa Hallmark/Westlando Meat Packing Co., sediada em Chino, na Califórnia, que distribui carne a escolas públicas, assim como a grandes redes de fast food.  O secretário de Agricultura, Ed Schafer, informou, em comunicado, que a Hallmark não possui requisitos de inspeção veterinária, e violou, portanto, o regulamento vigente. "O serviço de inspeção e segurança alimentar determinou que o gado não é apto para o consumo humano porque não foi objeto de revisões apropriadas", disse, em nota.  Dois funcionários da firma foram acusados de mal trato aos animais, mas a empresa.  Os EUA classificaram o recall como de "nível 2", o que significa que há um baixo risco de quem consumiu a carne contrair algum tipo de doenças.

Tudo o que sabemos sobre:
Recallcarne congeladaEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.