EUA anunciam política mais severa para importações da China

14 propostas para combater práticas comerciais injustas podem aumentar a tensão com os chineses

Gustavo Nicoletta, da Agência Estado,

26 de agosto de 2010 | 16h34

O secretário de Comércio dos EUA, Gary Locke, anunciou 14 propostas que têm como objetivo combater práticas comerciais injustas que podem aumentar a tensão do país com a China. As medidas preveem, entre outras coisas, que as tarifas antidumping aplicadas pelos EUA passem a ser calculadas levando em consideração os custos trabalhistas dos produtos importados, assim como subsídios à exportação que esses produtos eventualmente recebam em seu país de origem.

"A administração Obama está comprometida a reforçar a prática das nossas leis de comércio, a fim de garantir um espaço justo para que as empresas norte-americanas e seus funcionários - motores do nosso crescimento econômico", afirmou Locke em um comunicado. As políticas devem ser implementadas nos próximos meses, após a realização de uma audiência pública sobre o tema. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.