EUA impõem mais tarifas sobre produtos siderúrgicos da China

Os Estados Unidos começaram a impor tarifas que vão de 43 a 289 por cento sobre as importações de mais de 300 milhões de dólares em produtos siderúrgicos da China, anunciou o Departamento de Comércio do país no final da terça-feira.

REUTERS

06 Janeiro 2010 | 08h38

A ação, que o departamento afirmou que foi tomada por produtos sendo vendidos a preços injustamente baixos, inaugura o que deve ser mais um ano de fricção comercial entre os Estados Unidos e seu principal fornecedor.

As tarifas preliminares impostas se somam a encargos que vão de 2 a 438 por cento e que foram anunciados pelo Departamento de Comércio em novembro.

Na semana passada, a Comissão Internacional de Comércio dos EUA aprovou tarifas que vão de 10 a 16 por cento sobre importações de 2,74 bilhões de dólares em tubos para aplicações petrolíferas, entre outros produtos siderúrgicos, produzidos pela China, no maior caso comercial dos EUA contra a China.

No mesmo dia, a central metalúrgica United Steelworkers e quatro companhias dos EUA encaminharam petição pedindo tarifas de pelo menos 109 a 274 por cento sobre tubos de perfuração fabricados na China.

Os EUA importaram cerca de 200 milhões de dólares em tubos de perfuração da China em 2008.

Mais conteúdo sobre:
SIDERURGIA EUA TARIFAS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.