Eurogrupo ‘salva’ bancos espanhóis para evitar colapso financeiro na UE

Para ministros de Finanças da região, recapitalizar as instituições financeiras espanholas é justificável para 'salvaguardar a estabilidade financeira da zona do euro como um todo'

Danielle Chaves, da Agência Estado,

20 de julho de 2012 | 11h52

Os ministros de Finanças da zona do euro, que formam o Eurogrupo, concordaram unanimemente em conceder assistência financeira para recapitalização dos bancos da Espanha. Em um comunicado o Eurogrupo afirmou que o resgate será acompanhado por "condicionalidades políticas" formadas por medidas específicas para as instituições financeiras, como planos de recapitalização em linha com as regras de ajuda da União Europeia e reformas estruturais no setor que incluam a segregação de ativos problemáticos. 

Segundo o comunicado, essa condicionalidade será apresentada em um memorando de entendimento que será assinado nos próximos dias. "Os ministros concordaram que (...) fornecer um empréstimo para a Espanha com o propósito de recapitalizar as instituições financeiras é justificável para salvaguardar a estabilidade financeira da zona do euro como um todo", diz o documento.

O documento do Eurogrupo confirmou que o valor coberto pelo plano é de até 100 bilhões de euros e os empréstimos terão vencimento em até doze anos e meio, sendo que os desembolsos individuais terão vencimento máximo de 15 anos.

O comissário europeu de Assuntos Econômicos, Olli Rehn, confirmou que os ministros liberaram hoje a primeira parcela do pacote de ajuda, no valor de 30 bilhões de euros (US$ 37 bilhões).

O Fundo para Reestruturação Ordenada Bancária (FROB) será o agente do governo espanhol e receberá os recursos, canalizando-os para as instituições financeiras que solicitarem ajuda. "O governo espanhol terá total responsabilidade pela assistência financeira", afirmaram os ministros.

Os recursos serão fornecidos pela Linha de Estabilidade Financeira Europeia (EFSF, na sigla em inglês) até que o Mecanismo de Estabilidade Europeu (ESM, em inglês) esteja disponível. Quando isso acontecer, a assistência será transferida para o ESM sem ganhar status sênior.  

Tudo o que sabemos sobre:
EurogrupoEspanhabancoscrise

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.