Europa está assustando o mundo inteiro, diz Obama

Para o presidente dos EUA, zona do euro não age rapidamente contra a crise

Ricardo Gozzi, da Agência Estado,

26 de setembro de 2011 | 17h01

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, comentou nesta segunda-feira, 26, que, ao mesmo tempo em que tenta lidar de maneira responsável com uma persistente crise da dívida, a Europa não tem agido com a rapidez suficiente para liquidá-la.

Durante um encontro com cidadãos em Mountain View, na Califórnia, Obama disse que a Europa "está assustando o mundo inteiro". Segundo ele, os líderes da zona do euro estão tentando solucionar a crise de maneira responsável, mas isso não tem evitado que os EUA sejam afetados por ela.

"Eles (os europeus) estão atravessando uma crise financeira que estão assustando o mundo inteiro", disse Obama. "Eles estão tentando tomar medidas responsáveis", afirmou o presidente norte-americano, "mas essas ações não têm sido tão rápidas quanto precisariam ser".

Os comentários de Obama foram feitos num encontro com cidadãos promovido por intermédio da rede social profissional LinkedIn. O comentário sobre a reação europeia à crise foi feito em resposta a um profissional de tecnologia da informação recentemente demitido. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
europacriseobama

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.