Europa precisa forçar bancos a se recapitalizarem, diz Pimco

Segundo executivo-chefe, a Europa precisa ir muito além dos passos propostos na cúpula do dia 26 de outubro

Clarissa Mangueira, da Agência Estado,

24 de novembro de 2011 | 13h33

O executivo-chefe da Pacific Investment Management Co., o maior fundo de investimento em bônus do mundo, Mohamed El-Erian, alertou que os formuladores de políticas públicas da Europa precisam forçar os bancos europeus a se recapitalizarem imediatamente para lidar com o aprofundamento da crise da zona do euro, reportou o Financial Times.

"Os bancos da Europa precisam ser forçados a se recapitalizarem agora", disse El-Erian em um artigo publicado no site do jornal.

"Não deverá haver nenhuma dúvida na mente de ninguém que o que começou como uma desarticulação na periferia da zona do euro rompeu agora os mecanismos de proteção do núcleo exterior e está ameaçando seriamente o núcleo interno. A menos que isso seja anulado rapidamente, os formuladores de políticas europeias terão ainda mais dificuldades de alcançar isso com a crise, e muito menos de se antecipar a isso", escreveu o executivo.

Segundo ele, a Europa precisa ir muito além dos passos propostos na cúpula do dia 26 de outubro. "Além de especificar níveis de capital mais elevados prudenciais, os governos devem agora forçar os bancos a agirem imediatamente. Quando não houver financiamento privado, que agora deverá ser a suposição de um crescente número de bancos, a recapitalização deve ser imposta, em troca de mudanças fundamentais na forma como as instituições financeiras operam e os encargos são compartilhados", disse ele. As informações são da Dow Jones. 

Tudo o que sabemos sobre:
PimcoEuropa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.