Europa terá um longo e árduo caminho pela frente, diz Merkel

Chanceler da Alemanha afirmou que a cúpula da UE programada para este final de semana não será o último passo para recuperar confiança dos mercados

Ricardo Gozzi, da Agência Estado,

19 de outubro de 2011 | 15h12

A chanceler Angela Merkel, da Alemanha, reiterou nesta quarta-feira, 19, que "se o euro fracassar, a Europa fracassará, mas não permitiremos que isso aconteça". Merkel observou ainda que os erros da Europa "não podem ser desfeitos por um passe de mágica" e que o Velho Continente terá pela frente "um longo e árduo caminho".

Merkel reiterou que a reunião de chefes de Estado e de governo da União Europeia (UE) no fim de semana não será o último passo necessário para se recuperar a confiança dos mercados, mas será um passo importante para que isso aconteça. "Nós estamos unidos e tenho confiança em que conseguiremos reconquistar a confiança dos outros", declarou a chanceler.

Os comentários da chefe de governo alemã foram feitos em Frankfurt durante uma cerimônia em homenagem ao presidente do Banco Central Europeu (BCE), Jean-Claude Trichet, que está deixando o cargo.

As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Angela MerkelEUROeuropacrise

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.